Existe um grande número de mulheres que sofre com pele oleosa, mas isso pode acontecer em diversos níveis. Desde o brilho excessivo e poros dilatados apenas na zona T (nariz e testa), com o aparecimento ou não de espinhas e cravos, até casos mais graves de acne. “Aproximadamente 80% das peles no Brasil são mistas e oleosas, como característica natural e estimuladas pelo clima tropical, quase durante todo o ano”, revela a dermatologista Claudia Marçal.

Na hora de fazer a maquiagem isso também é ruim. Por isso reunimos dicas de maquiagem para quem tem pele oleosa. Confira:

1. Prepare o rosto antes

Antes de começar, a dica de maquiagem limpe bem o rosto com um sabonete adequado (de preferência com ácido salicílico e peróxido de benzoíla) e passe um tônico adstringente com um algodão. A ideia é remover toda a oleosidade e impurezas da pele antes. Você também pode passar um hidratante para peles oleosas ou mistas e, em seguida, aplicar um primer com efeito matte e que fecha os poros.

2. De olho no rótulo

Não adianta, se você tem pele oleosa não pode usar fórmulas cremosas. Somente as que são oil-free (livre de óleos) e, ainda assim, observe se realmente irá controlar a oleosidade. As texturas em gel e levinhas são ideais para não deixar a pele brilhante, mas dica de maquiagem é sempre buscar nos rótulos produtos específicos para a sua pele.

Mulher lendo rótulos de produtos de beleza - Foto: Getty Images

3. Pó para matificar

Tanto os pós compactos quanto os soltos finalizam bem a maquiagem da pele, tirando o brilho e ajudando na fixação. Os pós podem ainda ser translúcidos ou com cor de base. “É possível usar o pó colorido apenas, sem a base, mas o aspecto pode ficar muito seco, se sua pele não é tão oleosa”, ensina a maquiadora Neusa Andrade.

Mulher passando pó no rosto - Foto: Getty Images

4. Aplicação

Os pincéis são ótimos para quem tem bastante oleosidade na pele porque evita o contato dos dedos, o que pode estimular a produção de acne e brilho excessivo. Além disso, eles podem ajudar a aplicar uma quantidade menor de produto na pele.
Mas a dica é higienizar as cerdas com frequência, porque muitas bactérias que provocam espinhas podem acumular nos pincéis e agravar o problema!

Mulher se maquiando com pincel - Foto: Getty Images

5. Blush e iluminador

Depois da pele pronta com todo esse cuidado, a dica é aplicar blushes, bronzeadores e iluminadores em pó. As versões cremosas podem comprometer o equilíbrio e o visual da pele, agravando a oleosidade.
As sombras e batons podem ter texturas mais cremosas, já que as regiões dos olhos e lábios não costumam apresentar oleosidade.

Mulher passando blush em pó - Foto: Getty Images

6. Menos é mais

Por mais leve que seja a maquiagem, se você puder usá-la em pequena quantidade ou não usá-la com tanta frequência, será melhor para não obstruir os poros. A dica de maquiagem é evitar camadas e camadas de produtos.

Produtos para pele na maquiagem - Foto: Getty Images

7. Retire toda a maquiagem

Antes de dormir, não deixe de tirar todo esse arsenal de maquiagem. Só o sabonete não será eficaz e ainda poderá machucar a pele se você esfregar muito com uma toalha. Assim, o demaquilante é essencial, procure um produto para peles oleosas.
“Na área dos olhos, assim como região dos lábios, pode se complementar com um demaquilante bifásico para retirar a maquiagem mais resistente”, ensina a dermatologista Claudia Marçal, isso porque esse tipo de demaquilante é muito mais eficiente, mas com a fórmula super oleosa e só ele vai tirar o rímel (especialmente à prova d’água).
Depois, enxágue o rosto, passe um sabonete apropriado e, se desejar, use um tônico e hidratante novamente. Se sua pele é sensível, após o sabonete (para tirar o excesso de demaquilante), a dica de maquiagem é usar uma água termal, que acalma o rosto.

Mulher retirando a maquiagem - Foto: Getty Images

« »