Arquivo de Tag: eu quero conforto


Voltou com tudo da década de 90 – uma das mais divertidas falando de moda – o macaquinho e/ou jardineira (mais usado quando a peça vem em jeans) . O tecido, modelo e cor vão depender do teu gosto, pois diversidade e variedade não faltam!

Pra combinar: é legal usar t-shirts, top, camisas por baixo, elas fazem uma sobreposição e deixam o look super moderno. Nos pés, literalmente qualquer calçado é válido, desde as rasteiras, tênis, sapatilhas ou até saltos altos.

Com tantos tipos e combinações é impossível não encontrar algum que seja a sua cara. Duvidou?
Confere então muuitos modelos pra deixar seu estilo mais descolado:

Macacão diretamente do túnel do tempo

 

O post de inspiração para este final de semana é meigo ao nível máximo, nossa sugestão é usar o ROSA. Seja em roupas, unhas, sapatos, maquiagens… A cor que hoje em dia não tem limite nem distinção de gênero, oferece um mundo de possibilidades, ouse, inove!

Desejamos um lindo e cor-de-rosa final de semana a todas!

Inspire-se! 

mundo pelos olhos cor de rosa

Você já parou pra pensar de onde vem esse modelo de bota tão arrojado e diferente dos demais? Há uma história por de trás do coturno, e a seguir explicaremos “tin tin por tin tin” os detalhes dela.

Pra início de conversa, coturno em inglês se traduz para “combat boots”, ou seja, botas de combate. Isso se deve ao fato dos coturnos terem sido criados especificamente para soldados, no inicio do século passado. Eles geralmente eram feitos de couro tratado, para tornarem-se impermeáveis.

O calçado, por incrível que pareça, era mega desconfortável e não contava com distinção de pé direito para pé esquerdo, a ideia era o par se adaptar aos pés dos militares pouco a pouco, entretanto, isso lhes causavam bolhas e muitos machucados nos pés.  Com o tempo, o aperfeiçoamento foi ocorrendo e durante a Segunda Guerra Mundial já estavam muito parecidos com os modelos de hoje em dia.

Era uma vez um coturno

No final da década de 70, durante o surgimento do movimento punk, as “combat boots” passaram então dos campos de guerra para as ruas. Os punks eram grande parte da classe trabalhadora, não tinham muito dinheiro, por isso. criavam produções em cima de peças improváveis.

Era uma vez um coturno...

Os destaques musicais que marcaram esse estilo, tinham grande influência de moda e comportamento, eram bandas como Sex Pistols, The Cash e Ramones.  Foi a partir disso também, que o coturno subiu de nível, passando a obter marcas especificas do modelo.

Era uma vez um coturno

Hoje em dia, as qualidades do coturno estão super expostas: Eles têm uma vida útil mais longa do que as botas comuns, combinam com diversas produções, dão um um ar vintage e podem ser encontradas em muitas cores e materiais.

Virou moda de todo mundo! Não tem mais a exclusividade dos grupos punk. Tornou-se um clássico, adaptável a vários estilos e combinações.

Era uma vez um coturno...

Nos pés das celebridades:

Era uma vez coturnos...

coturno tchocco

ROSSANA

Participante: Rossana
Cidade: Maceió
Estado: Alagoas

Participe também – De todo coração eu quero conforto!

SANDRA FANTINParticipante: SANDRA FANTIN
Cidade: NOVA PRATA – RS

Participe também – De todo coração eu quero conforto!

MARIA HELENA MOURÃOParticipante: MARIA HELENA MOURÃO
Cidade: BAURU – SP

Participe também – De todo coração eu quero conforto!

EDUARDA S. GOMESParticipante: EDUARDA S. GOMES
Cidade: CURITIBA  –  PR

Participe também – De todo coração eu quero conforto!

DEISE FRAGAParticipante: DEISE FRAGA
Cidade: ANGRA DOS REIS – RJ

Participe também – De todo coração eu quero conforto!

CAROLINA P DOS SANTOSParticipante: CAROLINA P DOS SANTOS
Cidade: RIO DE JANEIRO – RJ

Participe também – De todo coração eu quero conforto!

Desenvolvido por Catâniastudio.com